the study of the kicking components within sports

Tuesday, January 13, 2015

Cristiano Ronaldo wins 2014 FIFA Ballon d'Or


"For the second time in a row and third time overall, Portugal and Real Madrid’s Cristiano Ronaldo was crowned as the best player on the planet after an incredible season that included the UEFA Champions League and the FIFA Club World Cup for Real Madrid. Cristiano became the first Portuguese player to achieve the biggest award 3 times in his career, beating fellow nominees Lionel Messi and Manuel Neuer to this year’s award. Cristiano’s brilliant 2014 included 31 goals in 30 matches in Spain's La Liga - a haul that saw him finish as the 2013/14 top scorer - as well as a record 17 goals in the 2013/14 UEFA Champions League campaign." - FIFA
"When you're waiting to hear the name called, it’s a complicated moment. You feel nervous. Regardless of this being my eighth time here, it’s always very emotional. I know how much hard work and effort goes into winning this award, and that’s why I still get emotional, no matter how many times I come here to receive it. I hope I’ll be doing so for many years to come....

Every season is a new challenge for me. That’s how I have to look at things if I’m going to be successful. This Ballon d’Or caps a great season for me and it also gives me the motivation to start 2015 with the same ambition.” - Cristiano Ronaldo
“Quero agradecer a todos os que votaram em mim, ao meu treinador, aos meus companheiros, à massa associativa do Real Madrid. Ganhar um troféu desta dimensão é único. Dá motivação para continuar a trabalhar da forma como tenho feito até agora e tentar ganhar mais títulos individuais e coletivos. Agradeço à minha mãe, ao meu filho, aos meus irmãos, ao meu pai que está lá em cima a ver-me. Agradeço também à Seleção de Portugal e a todos os portugueses. É um momento especial. Nunca pensei ganhar três vezes esta bolinha, mas espero não parar por aqui. Quero apanhar o Messi já na próxima época! Não é algo que me tire o sono, mas tenho ambição e quero entrar na história do futebol como o melhor. Dia após dia faço o meu caminho e vou conseguir.” Quando Cristiano terminou, o filho subiu ao palco, tal como há um ano. "Cristianinho", como o pai carinhosamente o trata, teve receio de pegar no troféu banhado a ouro e deixou-o nas mãos de CR7. E não podia ficar mais bem entregue!" - FPF

No comments:

Post a Comment